Fechar
Pesquise no conteúdo

O valor do Geriatra na Vida do Idoso

Data: 14/09/2018

  • O valor do Geriatra na Vida do Idoso

O geriatra é o profissional responsável por garantir ao idoso qualidade de vida durante a velhice e é por isso que essas pessoas são tão valiosas na vida dos mais experientes.

 

 

VIDA LONGA, SAUDÁVEL E FELIZ

Com o aumento da expectativa de vida, A IMPORTÂNCIA DO GERIATRA é cada vez maior. A população idosa vem aumentando muito e o médico geriatra é o profissional qualificado em atender esse público. Ele é capaz de diferenciar as mudanças anatômicas, funcionais e psicológicas próprias do processo natural de envelhecimento e das alterações decorrentes de doenças nessa fase da vida. Enquanto a grande maioria das especialidades médicas se dedica a um órgão ou sistema, a geriatria se dedica ao indivíduo como um todo. 

NOVA VISÃO SOBRE A GERIATRIA

A Geriatria já foi uma especialidade exclusiva dos idosos, hoje ela é utilizada cada vez mais por pessoas mais novas que querem na verdade retardar o processo de envelhecimento. É a chamada geriatria preventiva, tanto que nos consultórios encontram-se pessoas com a idade a partir dos 35 anos, buscando desde agora uma base sadia para viver bem o futuro. O cuidado cada vez maior com a prevenção de doenças e suas complicações futuras vem aumentando ainda mais a necessidade de geriatria e da medicina preventiva dentro da área médica.

PREVENÇÃO

A geriatria preventiva trabalha várias áreas do paciente. Cuida dos hábitos alimentares desenvolvendo cardápios mais ricos com a finalidade de suprir as necessidades orgânicas buscando proteger assim o coração, o cérebro, a memória e os ossos, entre outros.

O PROCESSO DE ENVELHECIMENTO

Diversas modificações acontecem durante o nosso envelhecimento, e estas alterações são de início precoce. Como veremos, embora sempre haja o que se fazer para melhorar a qualidade de vida de um idoso, existem idosos que envelheceram bem e idosos que envelheceram mal. E escolher que tipo de idoso queremos ser é privilégio de quem é jovem e está disposto a planejar o seu envelhecimento.

O nosso corpo possui reservas funcionais, o que significa que nós somos capazes de desempenhar muito mais do que o necessário no dia-a-dia. Acontece que durante o envelhecimento, diversos fenômenos biológicos entram em ação constante, lentamente diminuindo essas reservas. Mas é nestas idades que uma sobrecarga funcional, como uma doença, um remédio a mais para ser metabolizado pelo fígado ou eliminado pelos rins ou uma queda ao chão pode produzir efeitos que nós nunca observaríamos em um jovem.

VULNERABILIDADE A DOENÇAS

O processo de envelhecimento torna os idosos muito mais vulneráveis às doenças do que os indivíduos mais jovens. Isto ocorre porque em indivíduos mais idosos, ocorre a redução da capacidade de adaptação a sobrecargas funcionais.

Dois tipos de fenômenos nos acompanham na jornada entre a juventude e a idade avançada: a senescência, ou envelhecimento normal e a senilidade, ou envelhecimento anormal ou patológico.

envelhecimento normal é inevitável, não pode ser curado e nem paralisado – afinal é um processo natural do ser humano.

A senilidade ou envelhecimento patológico é em grande parte evitável. Até certo ponto pode ter cura e sempre existe o que fazer para ao menos diminuir o seu efeito. Isto porque a senilidade não é parte natural do nosso envelhecimento!

senilidade, na verdade, é a perda de capacidade funcional de um ou mais órgãos ou funções causada por maus hábitos de vida como o sedentarismo (falta de exercício), o excesso de bebidas alcoólicas e o hábito de fumar, a má alimentação e a obesidade, bem como a falta de prevenção e controle das doenças crônicas, como o diabetes, a hipertensão e colesterol alto, entre tantos outros.

MAS EM QUAL MOMENTO DEVE-SE PROCURAR UM GERIATRA?

EXISTEM BASICAMENTE TRÊS SITUAÇÕES:

  • A primeira é preventiva, para se orientar como envelhecer de forma saudável.
  • A segunda é para o acompanhamento do processo natural de envelhecimento, já em evolução.
  • A terceira é para o acompanhamento de doenças nessa fase da vida, evitando novas sequelas e reabilitando as já existentes.

DICAS PARA RETARDAR O ENVELHECIMENTO.

  • Procure dormir bem;
  • Use filtro solar diariamente, para proteger a pele do sol e mormaço;
  • Cuide dos cabelos com produtos próprios. Faça a hidratação ou amaciamento para manter a qualidade dos fios;
  • Procure sabonetes hidratantes e cremes específicos;
  • Mude sua atividade física saindo da rotina e experimentando novas atividades em lugares relaxantes no campo, por exemplo;
  • Não tenha medo de fazer novos amigos. Tenha um grupo para passear, dançar e viajar;
  • Seja otimista e deixe o estresse de lado. Se possível caminhe, nade ou faça tai-chi-chuã;
  • Cuide da balança evitando ficar acima do peso;
  • Faça exercícios físicos para melhorar o condicionamento, aumentando a agilidade, coordenação motora e fortalecimento muscular.

Tomando certas precauções e evitando-se exageros, poderemos chegar a uma idade bastante avançada de maneira saudável, física e mentalmente. Além das dicas acima, consultar um geriatra é a melhor maneira de ter um profissional acompanhando esse processo e garantindo um bem estar e uma melhor qualidade de vida para poder curtir a vida em sua plenitude

Fonte: http://www.uaucance.com.br/o-importante-papel-do-geriatra/

Ver todas as notícias

Confira outras notícias