Referência no Atendimento
Alta Tecnologia
Qualidade
Fechar
Pesquise no conteúdo

Ressonância Magnética - Alta qualidade em exames

Data: 29/11/2018

  • Ressonância Magnética - Alta qualidade em exames

O exame de Ressonância Magnética é usado para a pesquisa e análise de doenças neurológicas, ortopédicas, abdominais, cervicais e cardíacas. Ele é capaz de identificar esclerose múltipla, câncer, infartos, fraturas e até mesmo infecções. Ortopedistas também costumam pedi-lo para detectar tendinites, hérnias de disco e lesões de ligamento e neurologistas para investigar problemas como o Alzheimer, além de atrofias e lesões nos vasos sanguíneos cerebrais que podem indicar um AVC.

A máquina de ressonância magnética possui um grande imã que interage com os campos magnéticos e pulsos de radiofrequência do corpo humano sendo capaz de criar imagens em alta definição de três planos: horizontal, vertical e com o corpo dividido em camadas.
É necessário tomar alguns cuidados antes da realização do exame, pois não se pode usar nenhum tipo de material metálico próximo à máquina. Por este motivo o exame também é contraindicado para pessoas que possuam próteses, marca-passos ou pinos metálicos implantados no corpo. Outra necessidade é que o paciente se mantenha parado durante todo o procedimento, pois qualquer movimento pode prejudicar a qualidade da imagem.
Uma das vantagens do exame de Ressonância Magnética, além da alta qualidade da imagem, é que ela não utiliza de radiação ionizante para a obtenção dos resultados.
 
O Hospital Santa Lucia possui disponível uma Ressonância magnética de 1,5 tesla de alto campo, um equipamento de ultima geração, único da região. Ele proporciona ao paciente um maior conforto na hora de fazer o exame, já que estes são mais rápidos e precisos.
No HSL você sempre encontra a melhor qualidade em exames para cuidar da sua saúde do jeito que você merece.

Ver todos os posts

Confira outros posts