Fechar
Pesquise no conteúdo

Alergias de Verão: saiba quais são e como tratá-las

Data: 08/02/2017

  • Alergias de Verão: saiba quais são e como tratá-las
 
Calor, sol e praia são, para muitas pessoas sinônimos de coceira, tosses, espirros, inflamações e irritações na pele. As principais alergias que se manifestam com a entrada da primavera e o início do verão são as chamadas dermatite atópica, urticária e dermatite de contato.
 
Um dos fatores que intensificam o aparecimento de alergias é o uso de diversos produtos ao tempo tempo, como desodorantes, hidratantes, perfumes, protetor solar, etc.
 
As alergias chegam geralmente de mansinho, mas quando se instalam, causam um reboliço na nossa saúde. Por isso, para ajudar a prevenir e combater as alergias, é essencial manter uma alimentação saudável.
 
Identificar os fatores que desencadeiam a alergia, geralmente presente no trabalho ou em casa, é o primeiro passo para a prevenção. Depois para que o invasores, como os vírus, fungos e bactérias, não ataquem nosso organismo, basta evitar a inalação e o contato com as causas.
 
É também recomendado evitar objetos que acumulem poeira, mantendo o ambiente constantemente limpo e ventilado para evitar a proliferação de fungos (mofo ou bolor) é primordial. Veja quais são as principais alergias do verão e como tratá-las:
 
Dermatite atópica
 
O que é: Distúrbio cutâneo crônico, caracterizado por recaídas frequentes e de caráter imunológico.
Principais Sintomas: Coceira que aparece antes das erupções cutâneas, e também das lesões como bolhas.
Como Tratar: Hidratação e lubrificação local. Podem ser utilizados corticoides e antibióticos tópicos, se necessário. Há necessidade de evitar desencadeantes alergênicos e, as vezes, usam-se anti-histamínicos.
 
Urticária
 
O que é: Erupção caracterizada pelo súbito aparecimento de urticas – lesões de pele de duração passageira.
Principais Sintomas: Coceira, pele avermelhada e quente. As manchas podem desaparecer em algumas horas.
Como Tratar: A indicação dos especialistas é tratar com medicamentos antialérgicos e calmantes tópicos.
 
Rinite Alérgica
 
O que é: Processo inflamatório da mucosa nasal decorrente de uma reação exagerada a uma ou mais substâncias estranhas (alérgenos), como: ácaros da poeira, pelos, saliva, urina e fezes de animais domésticos, baratas, fungos e pólens.
Principais Sintomas: Crises de espirro, coriza, obstrução nasal (nariz entupido), dor de cabeça, lacrimejamento, coceira no nariz, nos olhos, garganta e no céu da boca.
Como Tratar: Controle do ambiente, om o objetivo de reduzir a exposição de alérgenos aos quais o paciente é sensível. O tratamento pode ser medicamentoso, controlando sintomas e a inflamação da mucosa nasal.
 
Conjuntivite Alérgica
 
O que é: Processo inflamatório da conjuntiva (fina membrana que envolve o olho), decorrente da alergia a uma ou mais substâncias estranhas (alérgenos).
Principais Sintomas: Vermelhidão ocular e coceira, podendo ser acompanhada por inchaço nas pálpebras.
Como Tratar: Cuidado intenso om a higiene pessoal, com o uso de colírios, compressas, álcool e gel, lenços de papel, além de toalhas e roupas de cama individuais. Além disso, é indicado o isolamento temporário do contato social.
 
Créditos: Revista Viva Saúde

Ver todas as notícias

Confira outras notícias