Fechar
Pesquise no conteúdo

RETORNO APÓS A LICENÇA MATERNIDADE

Data: 06/02/2017

  • RETORNO APÓS A LICENÇA MATERNIDADE

Depois de ficar de quatro a seis meses, dia e noite, dedicando-se integralmente ao bebê, a separação mesmo que só por algumas horas é angustiante tanto para mãe quanto para a criança. A maioria das mulheres não tem outra escolha. A necessidade de voltar para o trabalho e os primeiros dias longe do bebê provocam uma sensação de perda. Torna-se inevitável pensar constantemente em como o filho está sendo cuidado e o excesso de preocupação pode até atrapalhar a rotina de vida nos primeiros meses.

Os bebês não têm noção de tempo e quando os pais o deixam com outra pessoa por determinado período, a criança tende a ficar insegura e amedrontada. A melhor forma de lidar com essas situações é aproveitar ao máximo os momentos em que se está com o filho. O carinho, as brincadeiras, as demonstrações e palavras de amor transmitem segurança para a criança e ajudam-na a suportar melhor a ausência dos pais.

Atitudes para com a criança

- Passe segurança através de muito carinho e palavras de amor.
- Nas separações, não impeça o choro da criança por meio de manobras como sair sem que ele perceba, pedir que alguém o leve para passear ou recompensá-lo com presentes.
- Chorar alivia a criança. Despeça-se com carinho, assegure seu retorno breve.
- Mesmo triste, diga frases como: "Agora você vai fazer um monte de coisas legais e depois o papai e a mamãe virão buscá-lo".

Ver todas as notícias

Confira outras notícias