Fechar
Pesquise no conteúdo

AUTOESTIMA E DESENVOLVIMENTO PESSOAL

Data: 10/01/2017

  • AUTOESTIMA E DESENVOLVIMENTO PESSOAL

Autoestima - É uma experiência íntima, o que o sujeito pensa e sente sobre si mesmo, portanto se define como uma auto-avaliação das características do indivíduo. É o sentimento de valor que a pessoa tem sobre si mesmo o tempo todo.

Sentimento de valor pessoal: refere-se ao auto-respeito e à autorização interna para defender seus interesses e necessidades, tendo a sensação de ter valor e de ser capaz de alcançar as metas desejadas. É construído na infância, quer dizer que as crianças não nascem preocupadas em serem boas ou más, inteligentes ou incapazes. Essas idéias são desenvolvidas a partir dos relacionamentos e da forma do outro percebê-lo.

Formação baixa auto-estima: Crianças dominadas, rejeitadas e sujeitas à punição severa, faz com que elas se tornem submissas e passivas, tendo menor probabilidade de serem realistas e efetivas no cotidiano. Não há relação de desenvolvimento de baixa auto-estima com condições econômicas, grau de instrução dos pais e presença constante da mãe em casa.

Fatores que contribuem para melhorar a autoestima e autoconceito infantil:
• Experimentar a aceitação completa de seus sentimentos, pensamentos e valores pessoais.
• Sentir-se inseridos nem contexto com limites claramente definidos.
• Ter pais que não são autoritários e violentos e não humilham nem ridicularizam seus filhos.
• Ter pais com alto nível de auto-estima que servem como modelos.

Autoestima no contexto do trabalho: Da mesma forma profissionais com boa auto-estima são motivados e interessados pelo ambiente de trabalho e pelos desafios nele presentes, desde que este ambiente seja satisfatório e possibilite novas oportunidades de crescimento profissional. Assumem para si a responsabilidade pelos seus sucessos e fracassos

Como podemos desenvolver a autoestima?
- Saber valorizar-me, querer-me e aceitar-me tal como sou.
- Valoriza-te pelo que és. 
- Aceita-te e ama-te tal como és. 
- Ame-se
- Reconheça os teus erros e aprende com eles. 
- Quando te sentires triste ou deprimido, não te feches em ti mismo. 
- Procura e pede ajuda. 
- Escuta a tua voz interior. 
- Muda os teus pensamentos negativos para positivos.
- Reforça a tua identidade própria sendo cada vez mais tu mesmo. 
- Seja você mesmo.
- Reprograma a tua vida como queres ser. 
- Tem paciência e compreensão contigo mesmo e com os outros.
- Ajuda alguém ou ensina-lhe alguma coisa. Quando ajudas outras pessoas a sentirem-se melhor e a gostarem delas, certamente irás sentir-se melhor contigo mesmo

Ver todas as notícias

Confira outras notícias