Fechar
Pesquise no conteúdo

PSICÓLOGA DO HSL DÁ DICAS PARA COMEÇAR 2017 MAIS OTIMISTA

Data: 02/01/2017

  • PSICÓLOGA DO HSL DÁ DICAS PARA COMEÇAR 2017 MAIS OTIMISTA
O medo geralmente se refere a um objeto ou a uma situação muito definida. Temos medo do perigo imediato. Já a ansiedade se caracteriza por uma sensação desagradável de tensão e apreensão, fazendo antecipar um perigo futuro, que pode ou não acontecer.
 
A ansiedade resulta de um processo de aceleração da mente humana quando ela entra em contato com algo tido como novo. Essa situação geralmente a faz supor haver ameaças para a estabilidade do indivíduo.
 
Ao preferir o conforto do conhecido, a mente acaba criando a ilusão de que é preciso controlar também o desconhecido, impondo à pessoa a obrigação de antecipar os acontecimentos.
Boas ou más, daí surgem as expectativas.
No momento em que as sensações de instabilidade e insegurança passam a representar algo desagradável, começam a aparecer os quadros ansiosos.
 
O Problema é real? Primeiramente, devemos nos perguntar se a situação que nos preocupa é real. De fato, muitos de nossos medos são irreais, criados apenas em nossa mente. Assim, devemos separar aquilo que realmente merece nossa atenção.
Mas, sendo real o problema, o que fazer?
 
8 DICAS PARA CONTROLAR A ANSIEDADE
 
DICA Nº 1 - Respire fundo, lenta e compassadamente pelo maior tempo que você for capaz. Isto ajuda a desacelerar fisiologicamente o cérebro e, por conseqüência, traz maior clareza de pensamento
 
DICA Nº 2 - Procure entender que quando um problema novo aparece, a solução não está necessariamente em sua mente. Quando for possível, analise o problema mais uma vez, buscando entendê-lo. Aumente as informações e o conhecimento sobre ele, permita-se uma melhor análise, talvez você esteja supervalorizando o problema.
 
DICA Nº3 - Admita e aceite certa dose de falta de controle. Entenda que você não tem poderes para controlar tudo.
- Aceitar a realidade, percebendo que as coisas são como são.
- Aceitar que existem limitações.
- Aceitar que o desconhecido não é necessariamente negativo.
- Aceitar que a resposta pode não existir.
- Aceitar que podemos viver com menos do que desejamos.
- Aceitar erros.
- Aceitar que não se pode controlar tudo.
 
DICA Nº 4 - Em determinadas situações, agir é o melhor remédio. Problemas e novidades são resolvidos mais com ação do que com especulação. Concentre-se no seu objetivo e faça o melhor que estiver ao seu alcance.
 
DICA Nº 5 - Em todo o empreendimento, admita a possibilidade de perder. Não queira ganhar a qualquer preço. Este tipo de comportamento dificulta a aceitação de uma eventual derrota. Lembre-se: Nem sempre as coisas saem como nós imaginamos...
 
DICA Nº 6 - Quando seus pensamentos ficarem “buzinando” internamente que o pior está por vir ORE... Depois, diga para si: “Seja o que Deus quiser” ou “Estou preparada (o) para o que der e vier”. Ou seja, TENHA FÉ!
 
DICA Nº 7 - Finalmente, lance mão dos recursos médicos. Terapia e medicação às vezes são necessárias como coadjuvantes no tratamento da ansiedade.
 
DICA Nº 8 - Faça exercícios físicos, pois elevam os níveis de serotonina, o que traz sensação de bem-estar. Alimente-se e durma bem, atitudes como estas com certeza ajudarão a reduzir a ansiedade. Banana e leite são ricos em triptofano, que aumenta a disposição.

Ver todas as notícias

Confira outras notícias